Ser mentalmente forte ou ter “Força Mental” são características que deveriam ser notadas pelas ações que as pessoas regularmente põem em prática em suas vidas. Esse é o mundo ideal, porém muitas vezes são notadas pelas ações que não fazemos.

Como profissional que trabalha com o desenvolvimento de pessoas, baseado nas metodologias da Andragogia (aprendizado de adultos), na Neurociência (aprendizagem / funcionamento do cérebro), e técnicas de Coaching, ao ler o artigo sobre o livro “13 coisas que pessoas mentalmente fortes não fazem” de Amy Morin, adaptei o texto em tradução livre com uma visão “positivista”, acreditando que assim o desenvolvimento da força mental fica ainda mais alinhada e possível de se desenvolver.

13_mentalmente_fortes

Veja 13 AÇÕES que as pessoas mentalmente fortes FAZEM

  1. Praticam a gratidão por suas conquistasAprecie o que você tem e o que você faz bem. Pratique a gratidão em vez da autopiedade, de sentir pena de si mesmo.Essa ação te coloca em uma vida mais plena e evita as emoções negativas que muitas vezes paralisam as ações e prejudicam os relacionamentos.
    O cuidado é não supervalorizar, se achando o máximo o que pode criar uma visão distorcida da realidade.
  2. Mantém o controle de seus objetivos e trabalham para atingi-los
    Tenha clareza do que você deseja e de quem quer ser. Defina seus objetivos e invista suas energias e seu poder de realização, nas ações necessárias para seu sucesso.Se outras pessoas controlam suas ações, também definem seu sucesso e autoestima.
  3. Aceitam as mudanças que são inevitáveis
    Mudar gera estresse ao cérebro e pode ser assustador, mas evitar as mudanças impede o crescimento. Quanto mais se adiam as mudanças inevitáveis, mais difícil fica sustentar seu crescimento, passando a percepção que as outras pessoas irão superar você.
  4. Concentram-se no que podem controlar
    Colocar foco nas coisas que você pode controlar, cria mais possibilidades de ser feliz, com menos estresse, melhores relacionamentos, oportunidades e sucesso.Achar que é possível controlar tudo a sua volta pode se tornar um problema e demonstrar  um grau de ansiedade que merece atenção. Na realidade só temos controle sobre as próprias escolhas e ações.
  5. Não precisam agradar a todos
    Tentar agradar a todos constantemente é perda de tempo. Isso pode permitir que você acabe sendo manipulado. Fazer autojulgamentos a partir do que os outros pensam sobre nós pode criar um desapontamento ou um estado mental de nervosismo.
  6. Avaliam bem as situações para minimizar os riscos
    Uma avaliação detalhada de cada situação traz mais conhecimentos e conscientização dos pontos favoráveis e dos prováveis riscos. Isso tende a reduzir os medos, sejam eles financeiros, físicos, emocionais, sociais ou relacionados aos negócios.
    Para melhor análise das situações e prováveis riscos, seguem exemplos de perguntas:

    • Quais são os principais benefícios?
    • Quais são os custos potenciais?
    • Como isso vai me ajudar a alcançar os objetivos?
    • Existem alternativas? Se sim. Quais são?
    • Quais serão os benefícios caso a situação se torne realidade?
    • Qual é a pior coisa que pode acontecer caso não ocorra? Como posso reduzir / minimizar essa perda?
    • Quais são os riscos caso esse cenário se torne realidade?
    • Quais os impactos essa decisão trará nos próximos (5) anos?

     

  7. Entendem que o passado é passado
    Os benefícios em pensar no passado é refletir sobre esses pontos como lições aprendidas certas e/ou erradas. Ao refletir sobre as lições aprendidas, considere os fatos e não as emoções, com foco em uma nova perspectiva útil.
    Remoer ações do passado pode te conduzir a um estado depressivo e autodestrutivo. Não existem possibilidades de mudanças dos fatos e escolhas do passado, portanto desfrute do presente da melhor forma possível.
  8. Aceitam os erros cometidos com benevolência
    Aceitar a responsabilidade, estudar e refletir sobre erros que aconteceram auxilia na criação de um plano para evitar cometê-los novamente. Criar possibilidades para que nas ações futuras, faça diferente e melhor.
  9. Veem o sucesso das outras pessoas como exemplos e como motivadores
    Usar um modelo praticado por outras pessoas pode facilitar seu planejamento com o intuito de utilizar os pontos de sucesso para inspirar suas ações e os pontos não tão bem sucedidos para evitar cometer os mesmos erros.Você deve valorizar seus talentos, seus valores e relacionamentos. Focar no sucesso de outras pessoas não garante o seu próprio sucesso.
  10. Persistem mediante aos desafios para se tornarem mais fortesSuperação dos possíveis obstáculos é um ponto que pode ser determinante entre o fracasso e o sucesso.  Para estar pronto para superar os obstáculos é preciso reconhecer e aceitar que existem chances de ocorrerem fracassos e sendo forte, persistente e dedicado é possível vencer.
  11. Passam um tempo sozinhos
    Criar um tempo para ficar a sós com seus pensamentos pode ser uma experiência poderosa para ajudar a focar em seus objetivos. Tornar-se mentalmente forte necessita de um  tempo fora do cotidiano para se concentrar no seu crescimento.
  12. Acreditam que as conquistas são frutos dos seus esforços
    A chave é concentrar-se em seus esforços, aceitar críticas e reconhecer suas dificuldades. Não temos direito a todas as coisas, elas devem ser conquistadas.
    A vida não é necessariamente justa, se algumas pessoas experimentam mais felicidade e sucesso é porque é assim. Comparar-se aos outros só irá causar decepção. Se você não receber o que acredita que é seu por direito. Vá atrás, batalhe.
  13. Trabalham implacavelmente na direção de seus objetivos
    Mantenha seus olhos no prêmio e trabalhe implacavelmente na direção de seus objetivos. Poderão haver dificuldades no caminho, mas se você medir seu progresso olhando para o panorama geral, o sucesso se tronará viável. Definir expectativas e prazos reais é imprescindível para manter a motivação.
    13_coisas_mente_forte_livro
    No livro “13 coisas que pessoas mentalmente fortes não fazem” a autora Amy Morin, demonstra que para termos uma mente forte é necessário ter uma “abordagem tripla” em:

    Controlar seus pensamentos, comportamentos e emoções

    A autora sita os Navy SEALs como um grupo de pessoas que possuem essa extraordinária força mental, desenvolvida através de treinamento e persistência.
    Obs.: Navy SEALs – Divisão do Comando Naval de Operações Especiais da Marinha dos Estados Unidos

    Matéria publicada no: Business Insider
    http://www.businessinsider.com/mentally-strong-people-2015-11

    Se preferir veja o vídeo da autora no TEDx – Amy Morin https://www.youtube.com/watch?v=TFbv757kup4

    Norimar José Tolotto
    norimar@interacaosocial.com.br
    Interação Social Desenvolvimento Humano
    www.interacaosocial.com.br